domingo, 22 de janeiro de 2012

Jéssica Fausto


(Essa é minha homenagem para uma grande amiga. Jéssica Fausto. Muito obrigado por sua amizade.)

Por ser minha anjinha,
Por cuidar de mim quando eu andava pelos vales da tristeza,
Por estar comigo em todos os momentos,
De manhã, de tarde, de noite, antes de dormir. (existe um segundo em que a gente não se fala? Rs)

Obrigado por colocar o guarda chuva em cima da minha cabeça,
Para me proteger dessa chuva que não parava de cair,
E me mostrar que sempre fez sol,
E que a chuva foi eu mesmo que fiz.

Por me fazer acreditar que ainda existem boas pessoas no mundo,
Pessoas simples, que querem apenas sorrir acima de tudo,
E que sempre conseguem arrancar um sorriso,
Até mesmo dos mais sérios e carrancudos.

Por me levar de volta à minha fé,
Que embora muitas vezes perdida.....(culpa minha),
Sempre esteve em mim,
E tudo o que eu achei ser culpa dela, na verdade era minha.

Por me contar a mesma coisa diversas vezes,
Esquecendo que já contou para mim. (eu me racho com isso).

Por perguntar se estou bem 60 vezes por dia,

Por acreditar que minha maldição na verdade é um dom,
E por me fazer realmente acreditar que é (por poucos segundos),

Por me enxergar como poucos conseguem,
E entrar no meu ser como menos ainda conseguem,
Por ser uma pessoa simples,

Talvez chegue um dia em que você pense que todas as suas batalhas e tudo o que faz e é não valeram a pena,
Mas nenhuma de suas ações passam despercebidas por mim,
Não só as que você faz comigo, mas com todos os sortudos que lhe tem como amiga,

Um dia alguém que ainda trago em meu coração me disse:
“Se eu pudesse te guardar em uma caixinha, e escondê-lo de todo o mal, eu faria”.
Acho que essa pessoa ficaria feliz de saber que te encontrei vagando por este mundo, cantando, caindo e fazendo palhaçada.

Mas você sabe que eu enxergo os corações das pessoas.

E eu sei o que se passa no seu, que por detrás do seu sorriso sempre estampado, tem algo ali....no fundo que eu vejo muito bem. Mas vou guardar em segredo ok?

Porque nesse mundo me faço de bobinho,
Para poder dizer ao mundo como ele é bobo.
Mas fico feliz que alguém como você possa me enxergar além da máscara que me cobre,
Alguém que decifra no meu olhar o que definitivamente não está no meu sorriso.

Erros acontecem, são inevitáveis, mas é bom saber que não estou sozinho.

Por me animar quando estou desanimado,
Por me dar seu ombro quando mais estou cansado.

Por se revoltar com injustiças (como eu tenho medo dessas revoltas....).

Espero que nunca se canse,
Espero que nunca desanime,
Espero que continue com esses olhos cheios de vida,
Espero que nunca desista,
Espero que nunca se sinta sozinha,
Espero que um dia aprenda a dançar porque....complicado....,
Espero que um dia aprenda a cantar também....,
Espero que continue com esse grande coração que acolhe a todos que estão com problema,
Espero que continue sendo a psicóloga da tchurminha,

Que a magia da eternidade que paira sobre seu ser continue a brindar todos os que se aproximam de você,
Que a flor da bondade e da simplicidade continue a florir sua imagem

Obrigado pelas orações,
Pelos conselhos (não seguidos),
Pela companhia,
Pela persistência,
Pelo carinho,
Pela sua amizade.

Em um mundo de vaidade e de “espertos”, eu pude achar você,

Faz bem para a alma estar perto de pessoas assim como você.

Obrigado por tudo.

Não quero que se assuste, nem que fique triste. Mas sinceramente, não sinto que caminharemos juntos pela mesma estrada, mas saiba que no final dela, meu peito se sentirá honrado por ter conhecido um pequeno anjo.

Um anjo chamado Jéssica Fausto.


Dodo.

9 comentários:

  1. Fantástico!
    Saudades de vê-la. Mande lembranças para ela.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Que homenagem mais linda!

    Com certeza ela é um ser muito especial por merecer todas estas palavras de carinho e a sua gratidão.

    Ai de nós se não fossem esses anjos que Deus coloca em nosso caminho nos momentos mais difíceis!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é demais Vera.

      Uma anjinha linda que faz muito, não só por mim mas por todos ao redor dela.

      Ai de nós mesmo.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Essa ridicula tão especial está sempre sorrindo para te alegrar mesmo não estando bem por dentro
    Jeca te adoramos!

    ResponderExcluir
  5. Não há outra definição para ela senão esta: anjo. Um ser de luz, em meio a um mundo repleto de trevas e imerso em egoísmo, tristeza, solidão e ganância o qual nos deparamos todos os dias. Benditos sejam os anjos de Deus, e entre estes também os que estão na Terra sob a forma humana.
    Também agradeço pela sua amizade, Jéssica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Diego. Ela é um anjo.

      Talvez como um raio de sol diante dessa escuridão do mundo moderno.

      Excluir